300x250 AD TOP

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Encontrado em: , ,

Política - Mensaleiros e o Complexo de Vitima.

Por Fabiano Uesler 
(Clique nas imagens para ampliar e clique em continuar lendo para ler a matéria na íntegra)

Estamos no final de mais um ano com eleições se aproximando em 2014. Muita coisa aconteceu em 2013 que podemos destacar, os protestos públicos, do julgamento do mensalão até as situações locais como a Operação Tapete Negro.

Imagem: Reprodução
Algo que me deixou perplexo e me chamou a atenção foi justamente a condenação dos mensaleiros. Ouvi e li muita coisa nesse tempo, principalmente afirmações de que se estava perseguindo “petistas”. Só posso aqui usurpar a expressão que o "Carlos Eduardo Velozo" usou em um dos seus artigos e dizer ôô Maldade.

Pelo que pude superficialmente pesquisar vi condenados de vários partidos entre eles o PT, PTB, PL, PP e o PMDB. As condenações não foram exclusivas do PT não meus caros. Alguns me afirmaram que sou “anti PT”, mas acreditem não sou não, sou sim anticorrupção, anti bobagem e anti sem-vergonhice que é o que está havendo. Votei no Lula em todas as eleições que ele foi candidato à presidência até sua primeira posse. Daí em diante não votei mais no PT pra presidência. Por quê? Por achar que ele poderia ter feito mais e por ter esperado que ele fizesse diferente, que ele fosse diferente.  Eu achava em uma esperança pueril que o Lula era a resposta aos nossos problemas políticos, que um proletariado eleito faria mais. Ledo engano, primeiro que o proletariado era um “encostado”, segundo que ele fez mais sim, mas mais do mesmo.

Imagem: Reprodução
Voltando a 2013 o que percebemos? Que depois de tanta corrupção, depois da Marionete Dilma Russef ter sido eleita nada mudou. É mais do mais do mesmo. Então quando finalmente corruptos são condenados o que o tal partido faz? Se faz de vítima, se faz de coitado. Os mensaleiros se vitimizam afirmando serem “presos políticos” e glorificando seus passados na “luta” do cenário político brasileiro na época da ditadura militar. Acontece que eles são hoje SITUAÇÃO e não oposição como foram na época. Os calhordas, safados, ladrões e corruptos são eles além de não ser presos políticos e sim políticos presos, finalmente.

Braços erguidos em riste, saúde delicada e outros subterfúgios são usados pra distrair o povo da real situação. Agora algo interessante aconteceu, parece que depois do show muitos começaram prestar mais atenção no sistema carcerário brasileiro. Será que tivemos de prender meia dúzia de safados de colarinho branco pra entendermos que nossas cadeias e penitenciárias são de uma precariedade e de uma desumanidade medieval?


Imagem: Reprodução
Convenhamos, não temos cadeias, temos depósitos pra pessoas que nossa sociedade prefere ter longe dos olhos. Não temos um sistema carcerário que visa à reabilitação, pelo contrário, ele habilita seus presos ao crime organizado.
Por falar em crime organizado esse complexo de “coitadinhos” desses cidadãos do mensalão é de dar nojo aos estômagos mais fortes. Quando veremos uma mudança nesse cenário de corrupção? Sinceramente às vezes é difícil acreditar que um dia isso irá mudar. A mudança depende mais de nós, o povo, do que deles os políticos. Perder a mania do jeitinho, parar de tirar proveito, respeitar as leis de trânsito são só alguns exemplos daquilo que precisamos mudar em nossos hábitos, pois só teremos políticos diferentes quando nós mudarmos pois no final das contas elegemos semelhantes pois não?


Imagem: Reprodução
Mudança é possível e viável, basta ver pelos protestos que houveram, de como a maioria dos políticos ficaram boquiabertos com a população que foi às ruas. Logicamente depois os “coronéis” desse Brasil varonil tomaram as rédeas da situação novamente difamando os que protestavam, prendendo quem usasse máscaras, chamando os protestos de modinha, afirmando que não havia líderes, que as pautas eram muito amplas e se fazendo de desentendidos.  Eu sinceramente torço que tenha sido apenas o começo, que o gigante esteja acordando de fato e que possamos mostrar nas próximas eleições que não aceitamos corruptos, não importando qual seja seu partido. Torça que façamos uma auto avaliação como cidadãos, como os únicos que podem de fato mudar esse cenário pois no final das contas e mesmo que nos façam pensar o contrário o pode é e será sempre do povo, quer seja para o bem ou para o mal. Acorda Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário