300x250 AD TOP

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Encontrado em: , , ,

Poesia - Água e Fogo

Por Carlos Eduardo Veloso
(Clique nas imagens para ampliar e clique em continuar lendo para ler a matéria na íntegra)

Imagem: Reprodução

Existia numa terra distante,
Um fogo incandescente,
Que tomou como amante,
A água nascente.

Ele em chamas ardia
Pela água e sua ternura,
Ela por ele fervia,
Numa paixão mais pura.
Porém quando se encontravam,
Algo acontecia,
Não se tocavam,
Sem entender o que havia.

Quando o fogo ficava mais forte,
A água evaporava,
Nem seu calor podia com sorte,
Dar a sua amada que chorava.

Quando a água subia,
Apagava o fogo rapidamente,
Ele então sumia
E ela ficava triste de repente.

Não podiam ficar unidos,
Pois a água apagava o fogo,
Num desejo contido
O fogo evaporava a água.

Porém eles se amavam,
O fogo deixava a água quente,
Só que juntos eles não ficavam,
Mas a água controlava o fogo realmente.

Onde o fogo existia,
Teria a água a apagar,
Onde a água havia,
Teria o fogo a esquentar!

Entre eles existia um amor de verdade,
Que nem a maior tempestade,
Mudaria esta realidade:
Água e fogo se amariam pela eternidade.

0 comentários:

Postar um comentário