300x250 AD TOP

domingo, 24 de novembro de 2013

Encontrado em: , ,

Esporte - Futebol Americano, o esporte que mais cresce no Brasil.

Por André F. de Souza

     Pode soar estranha tal sentença, porém é a mais pura verdade, acreditem ou não amigos o Futebol Americano esta ganhando mais espaço a cada dia nas terras tupiniquins, temos hoje em dia grandes
Foto: arquivo
franquias de times conhecidos formando ou já competindo no cenário nacional, times como o Vasco da gama Patriotas, Flamengo Futebol Americano, Corinthians Steamrollers, Fluminense Imperadores, e muitos outros, e nosso estado não poderia ficar para trás, temos times que atualmente competem no campeonato brasileiro assim como na copa Touchdown, e nosso vale do Itajaí esta muito bem representado neste esporte, temos aqui em Blumenau o time Bárbaros do Vale, e em Gaspar temos o BlackHawks time novo que se prepara para os novos desafios. 

     Em um papo com José Carlos Maba ex-jogador de FA, atual coordenador defensivo do BlackHawks e um dos fundadores do time ele nos contou sobre a preparação dos times para esse ano e do investimento necessário para preparar os atletas para as competições, sobre segurança e os riscos que envolvem esse tão viciante esporte.

     Para entendermos melhor o FA devemos tirar da cabeça a imagem daqueles jogadores tapados lerdos e bobalhões que vemos nos filmes, assim como tirar da cabeça que o FA é um esporte de agressões e pancadaria. O FA é sem duvidas um dos esportes em equipe mais estratégicos e democráticos que existem, onde o trabalho em equipe é essencial para o bom desempenho do time.
O objetivo básico do FA consiste marcar mais pontos que o adversário, mais para isso o time devera avançar dentro do território do outro time, as pontuações variam de acordo com a jogada, vamos lá.

     O Touchdown: O ponto alto do jogo, quando um jogador consegue atravessar a linha no final do campo do outro time (End Zone) vale 6 pontos com a chance de um extra point garantindo mais um ponto (que muitas vezes é confundido com o TD) ou uma nova tentativa de TD que vale 2 pontos em geral os times optam pela primeira opção garantindo assim 7 pontos no final do TD.

     Field Goal.: O Field Goal vale 3 pontos que são somados ao placar se o time atacante resolve chutar a bola e esta tem que passar dentro das traves realizado quando o time atacante não consegue chegar até a End Zone durante suas tentativas de avanço, porém é uma tentativa difícil em média nas distancias de 20 a 40 jardas, um chute de 50 jardas ou mais já é algo muito dificil.

Foto: arquivo

     Safety: Acontece quando um jogador é derrubado ou sai pelo fundo de sua própria End Zone se estiver em posse da bola, vale 2 pontos

     Dinâmica de jogo: O campo é marcado em jardas (cada jarda equivale a 0,9144 metros) e cada risco continuo marcado com um número é a distancia de 10 jardas, o time atacante precisa percorrer essas 10 jardas em apenas 4 tentativas, se conseguir tem direito a mais 4 tentativas para mais 10 jardas e por ai vai até a End Zone . Cada tentativa recebe o nome de Down.

Foto: gasparblackhawks.com
     O avanço do time pode se dar atrás de corridas com a bola ou de um único passe a diante realizado pelo primeiro jogador que recebe a bola.
Ao passo o time atacante tenta ganhar terreno e fazer o TD, a missão do time defensivo é impedir esse avanço e retomar a posse de bola se possível, se o time atacante em seus 4 downs não conseguir percorrer suas 10 jardas o time que estava na defesa passa a ser ataque e vice-versa.
No site do Blackwacks é possível encontrar mais detalhes sobre as regras, como jogar e melhor ainda como participar do time http://www.gasparblackhawks.com/
Um guia prático esta na página da ESPN e pode ajudar muito no entendimento do jogo.


Atualmente no estado de SC temos competindo no campeonato catarinense de FA 6 times ativos são eles  Bárbaros do Vale (Blumenau), Itapema White Sharks, Joinville Gladiators, São José Istepôs, Corupá Bufalos e Jaraguá Breakers, Temos também se preparando para a nova temporada os times Gaspar BlackHawks, Criciúma Slayers, Timbó Rex, Balneário Camboriú Lobos do Mar

Da esquerda para direita: Blumenau, Gaspar, Joinville, Itapema, Timbó
                             Jaraguá do Sul, Corupá, Criciúma, Bal. Camboriú, São José

Seja qual for sua cidade qualquer um dos times ficara feliz em recebe-los como admirados do esporte, fãs do time ou como novos jogadores vale a pena conferir de perto este esporte.

Entrevista com José Carlos Maba

Todo dia Blumenau: A quanto tempo você já esta envolvido com esse esporte?
Maba: Cerca de 5 anos.

TDB: Qual sua trajetória no FA até os dias de hoje?
Maba: Iniciei no FA no ano de 2009 na Cidade de Busque a convite de um amigo que já participava do time local Admirals. Comecei a treinar na defesa e foi impossível parar... em 2010 resolvi trazer o esporte para Gaspar junto com 2 amigos que também acreditavam no potencial do esporte na Cidade. Hoje nosso time esta se preparando para participar do catarinense de 2014 e temos certeza de que nosso sonho já é realidade.

TDB: A NFL é a principal liga de FA do mundo, onde podemos acompanhar esses jogos para conhecer mais sobre o esporte?
Maba: No canal aberto do Esporte Interativo e nos canais ESPN, jogos são toda segunda-feira, quintas e domingos.

TDB: Já ouvi pessoas falarem que é mais fácil comparar o FA com xadrez do que com MMA você concorda?
Maba: Com certeza, FA sofre preconceito principalmente devido aos filmes e vídeos que são mostrados em canais de TV’s e internet. O jogo é muito mais inteligência e trabalho de equipe do que pancadaria liberada...

TDB: Mais assim como em todo esporte existe o perigo de lesões, e por ser um esporte de contato quais as medidas de segurança que os times devem adotar?
Maba: Evidentemente é um esporte de contato e por isso o atleta tem que usar equipamentos de segurança e existem várias regras que protegem o atleta contra situações de risco. Os equipamentos básicos são o helmet (capacete), shoulder (ombreira), pequenas proteções nas coxas, joelhos e quadris, orientar os atletas novos sobre o que pode ser feito e o que não pode é o principal num esporte onde a maioria acha que vale tudo.
TDB: Os times de SC contam com essa estrutura de equipamentos? E o BlackHawks?
Maba: Creio que devido ao elevado valor dos equipamentos cerca de 90% dos times não tem equipamentos ficando a cargo do atleta comprar o seu. No Black Hawks começamos com uma proposta diferente onde a associação compra e mantem os equipamentos do time, helmets e shoulders. Os atletas são responsáveis pelos demais itens pessoais. 

TDB: Conseguir patrocínio para esportes é uma grande dificuldade no Brasil, e o FA por ser um esporte “novo” no país deve sentir esse peso maior ainda, como esta a aceitação do público com relação ao esporte? e a obtenção de patrocínio esta acontecendo?
Maba: Aceitação é muito boa, assim que a pessoa entende o mecanismo do jogo ela gosta e começa a acompanhar. Já patrocínio é outra historia, normalmente os patrocínios vem de atletas que tem seus negócios e ajudam os times, mais isso já esta mudando muitos times estão fechando patrocínios e nosso time fechou um grande patrocínio até final de 2014 com a Proly, empresa no ramo de moda infantil mostrado que estamos no caminho certo e logo o FA vai ser um grande foco para patrocinadores. Os times estão ai e precisam do apoio de empresas, investidores e o publico em geral.

TDB: Para finalizar você gostaria de deixar algum recado para as pessoas?

Maba: Agradeço a oportunidade e peço para que apóiem os times locais, neste dia 30/11 estará acontecendo um amistoso entre os times de Blumenau e Gaspar, aqui em Gaspar com entrada franca vale a pena conferir pois este é um esporte emocionante e viciante, procure informações nas páginas dos times para ficar por dentro do FA de Santa Catarina. Qualquer duvida ou informação estou a disposição.
Foto: gasparblackhawks.com

6 comentários:

  1. Vlw a oportunidade de ajudar a divulgar o esporte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós do TdB só temos a agradecer a você e ao André, este espaço estará sempre aberto quando precisarem.

      Excluir
  2. Eu que agradeço a ajuda, gostaria que os demais participantes de outros times pudessem postar aqui as conquistas e historia dos seus times também, seria muito bom para o esporte assim como para os times, fica aqui o convite do TdB para cada atleta do estado, nos contem por meio de comentário, um pouco das conquistas e historia dos seus times, um grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Ótima matéria André, este esporte precisa de mais divulgação, contem com o TdB. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Galera parabens pela materia!! Só lembrando que é muito importante atualizar as logos dos times divulgados!!! abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Benjamin, eu só consegui encontrar esses logotipos na net, e não consegui contato com o pessoal dos times, mais valeu a dica, se quiser pode retificar aqui como resposta, fico agradecido

      Excluir