300x250 AD TOP

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Encontrado em: , ,

Política - Eleições de 2014 e outras Histórias (Texto Completo)


Neste ano de 2014 teremos as eleições para o governo federal e estadual (acho que já disse isso). Acreditem incautos leitores, o circo já está armado faz tempo. 

O governo federal em seus “informes publicitários” faz descaradamente propaganda Eleitoral para Dilma.

Na esfera municipal a coisa não é diferente, o vice prefeito Jovino Cardoso, por exemplo, desde o ano passado faz campanha em suas “visitas”.

O vi em um posto de combustível na Rua Amazonas com suas camisetas e seu pessoal “conversando” com quem ali passava. Tem também o fato de que muitos “cargos comissionados” do Jovinão atendem exclusivamente a “encaminhamentos” do seu gabinete em “certas” secretarias. Mesmo porque ele busca o voto dos evangélicos que nos casos em que são de “baixa renda” são o alvo de “certas” secretarias.

Arrisco-me em tentar fazer algumas previsões mesmo que pareçam absurdas, mas que podem em um cenário propício vir a se concretizar. Aviso que tudo se trata de um mero “palpite” baseado em observações simples e conversas com amigos, portanto vamos lá:

João Paulo Kleinubing (PSD) deve concorrer a Deputado Federal e assim perceber como anda a recepção dos eleitores de Blumenau e região ao seu nome. Tendo um bom número de votos na região creio que JPK tente em 2016 se candidatar à Prefeitura de Blumenau, não porque seja mais vantajoso em nível pessoal do que o pleito federal, mas sim vantajoso para o seu partido.

Sabemos que JPK está sofrendo com as acusações da operação “Black Carpet” desde que tudo foi exposto à mídia e cabe à justiça julgar o pleito em questão.

Mesmo que para os olhos da população ele pareça culpado ele pode ser “inocentado” em um possível julgamento, coisa que, sinceramente não duvido que possa acontecer. O engraçado nesta história é que justamente o cidadão que é “acusado” de ser um dos “cabeças” da fraude cometida contra o erário público recebeu o cargo de Diretor Presidente do BADESC, ou seja, a raposa acusada (e não condenada ou inocentada ainda) de uma chacina em um galinheiro se deu justamente outro galinheiro para que a mesma tomasse conta.

Seria por demais ético se JPK tivesse declinado ao cargo, no mínimo uma demonstração de seriedade.

Jovino Cardoso deve ser outro candidato a Deputado Federal caso de não alcance o objetivo, ouso supor que em 2016 ele deva disputar as eleições municipais como candidato à Prefeito.

Vou além, suponho inclusive que um nome muito interessante para seu vice seria do ex líder do governo Ivan Naatz (PDT). Vamos rever um pouco da trajetória dele no último ano.

Naatz que também é advogado usa uma estratégia política das mais antigas, digna de um livro de Nicolau Maquiavel. Ache alguém como bode expiatório e faça o maior “furdunço” possível. Calunie, acuse, humilhe em tom enérgico e acusador.

Foi o que Naatz fez ano passado com o pessoal do BlUm3n4u M1L Gr4u(eles também provocaram, ou não?) no facebook.

Perseguição exagerada e logicamente uma grande exposição por conta disso. Acabou que o próprio BlUm3n4u M1L Gr4u usou como “slogan” uma afirmação que o Naatz fez praticamente espumando pela boca na câmara de vereadores quando os acusou de ser uma “imbecilidade factóide”. Acontece que os meninos são espertos e hoje em seu blog, logo embaixo do título BlUm3n4u M1L Gr4u está o termo “imbecilidade factóide”, baita Slogan que ganharam de presente.

Ambos se promoveram com a “briga” tanto Naatz quanto o M1L Gr4u, o que é muito interessante não concordam?

Neste ano de 2014 o “Cristo” de Naatz é justamente Mário Hildebrandt (PSD) que em várias, se não todas as seções de 2014, é vítima de acusações, críticas e antipatia por parte deNaatz. Não que Mario não mereça, pois pisou na bola várias vezes no último ano e também acaba sendo promovido dentro daquele velho dito popular do “falem mal, mas falem de mim”.

Mesmo que esse método “À La Maquiavél(escolha um judas e desça o porrete) seja sórdido ele surte seu efeito nos desapercebidos, ou seja, funciona com quem não acompanha política de perto.

Já que citei Mario Hildebrandt arrisco também em dizer que o atual vereador do PSD possa mudar de partido e, caso Jovinão garanta sua vaga na esfera federal, ele pode inclusive coligar-se e quem sabe ser o Vice do Napoleão nas próximas eleições.

Mario é populista, assistencialista e evangélico, perfil similar ao de Jovino.

Há também o fato de ser o antigo secretário da antiga SEMASCRI, secretaria de imenso apelo popular que pode ter (hipoteticamente é claro) contribuído em sua última campanha para vereador.

Convenhamos, o quase desgastado e cansado Hildebrandt ganharia muito caso acabasse por ser vice do Sorriso. Ao menos deixaria de ser por algum tempo o saco de pancadas do “UFC Naatz”. Outra possibilidade, caso Marco Antonio (PSDB) ganhe no pleito estadual seja a de que Hildebrandt acabe sendo líder do governo na câmara.

Quanto ao PT, bem, existem duas estratégias e dois nomes distintos aqui, sim dois, pois Vanderlei me parece quase neutro na história. Adriano, o atual “Bom Moço” do PT de Blumenau que levanta várias bandeiras populares e visita semanalmente moradores de vários bairros auxiliando e “ajudando” no que pode e Jefferson Forest que consegue ser pior do que Naatz no quesito “Difamação”.

Acontece que Naatz tem certa “elegância” maquiavélica enquanto Forrest parece um “cachorro louco” latindo para todos que não gostam ou não concordam com o seu amado PT.

Convenhamos, quem ouve seus discursos e seu programa na rádio Nereu sabe muito bem que ele adora “descer o cacete” em várias figuras da cidade, não necessariamente porque discorde (será que alguém lembra que ele apoiou o Napo no segundo turno? (Reveja: https://www.youtube.com/watch?v=grDVgLbdMpo) mas porque é a tática descrita no manual petista.

O PT é expert em difamação, é sua tática preferida e histórica.

Se alguém fala mal do partido transforme o acusador em acusado, humilhe e difame o máximo possível para que perca a credibilidade (dialética erística pura).

Vocês conseguem ver então qual é o movimento feito por eles no tabuleiro? Adriano o bom moço e Forrest o difamador. A grande maioria dos blumenauenses não quer nem saber do PT no governo, sabendo disso talvez em 2016 Vanderlei venha como candidato apenas para “não deixar passar em branco” já que o PT anda com dificuldade em criar um candidato de peso.

Napoleão, bem, o que dizer?

Se o “Mister Smile” não fizer nenhum milagre em seu governo garanto que não haverá um segundo mandato.

Já ouviram falar no termo “os olhos maiores que a boca”? Pois é, até agora nem ponte na Rua Chile, nem ponte na Rua Itajaí nem nada e sinceramente duvido que saia tão cedo esta ponte no centro.

A margem esquerda foi uma piada, acabaram pagando mais que JPK(ainda não julgado) por conta da ação de Jefferson “Mad Dog” Forest. Garanto que ele deve ter usado o mesmo termo que JPK usou “certa vez” ao telefone quando disse “f#d&u”.

A licitação para as lombadas eletrônicas? Mais uma vez a justiça acaba com a brincadeira e o que era pra ter iniciado em janeiro acaba por se arrastar por vários meses. Pois é, aumento da taxa de lixo, do IPTU e nada em retorno à população. Inclusive esta mesma população é a que afirma que não se importaria em pagar uma tarifa de R$ 3,00 no transporte coletivo se ele fosse de qualidade e não uma propaganda ambulante de ferro velho.

Marco Antonio o atual líder do governo entra em mais saias justas do que provador de “butique de ilhota" por conta do(?) atual governo.

Ele recentemente deixou seu cargo na SEMUDES e voltou à câmara como (rufem os tambores) líder do governo. Fica aí a pergunta, valeu à pena? Claro que vale ou alguém acha que eles fazem algo pensando em perder? Ao menos Marco Antonio não foi assistencialista como foi seu antecessor na secretaria.

Lembra de um tal de Jean Kullmann?

Aquele moço simpático e humilde que achou que as últimas eleições municipais estavam “no papo”? Sim aquele deputado que não destinou nem um centavo sequer da sua verba para Blumenau e que com toda sua “simpatia” espera que Blumenau o apóie nas próximas eleições? Pois é, será que ele volta para a nova temporada de “The WalkingDead”?

Quanto aos outros vereadores, bem, alguns como dizem “tem a luz acesa, mas ninguém em casa”. Outros ficam no seu antigo jogo e outros ainda vão dar muito que falar, acreditem, tem para todos vocês em seu devido tempo. Ana Paula Lima e Décio Lima vão querer e ter suas fatias do bolo, como sempre.

Uns acusando aos outros de incompetência quando todos fizeram praticamente a mesma “caca”. Se Juntar tudo ninguém separa.

Quanto à população de Blumenau, estão todos de “saco cheio” do mesmo baralho que insistem em reutilizar. Dados viciados, cartas marcadas e políticos “clássicos”, ninguém mais agüenta.

Como diria Tiririca, “pior que ta não fica”, ou fica? Tudo é possível no reino da Blumenália.

EinProsit amigos e como diz a canção “JetztGeht's Los”, Lá vamos nós (outra vez).

PS: Quanto ao Sintraseb, que é o sindicato dos servidores de Blumenau só posso dizer que esse mesmo sindicato que muitas vezes já foi acusado de ser “pelego” (certamente injustamente) é na verdade massa de manobra do PT.

Me poupem, ano passado não deflagraram greve em prol dos servidores ( vão dizer que quem deflagra greve é servidor e não o sindicato), pois em uma reunião de representantes antes da data base de 2013 sua presidência pediu um “voto de confiança” ao governo do Napoleão recém empossado e que seria melhor “pensar em greve” na época do voto do PPA e deu no que deu, os servidores levaram uma ré.

Daí vão pra Gaspar apoiar a greve municipal, pode isso?

Será que estão fazendo com o sindicato gasparence um curso intensivo de “Grevista”, ou será que foram acalmar os ânimos, já que o governo de lá é PT?

Piada e mais piada. No facebook de um deles com as fotos do “apoio” do SINTRASEB ao movimento Gasparense há a seguinte Frase: “A nossa arma contra a opressão é nossa união e mobilização!!”

Opressão? Sério? Que opressão meus caros?

Vocês mesmos, do sindicato, oprimiram os trabalhadores públicos de Blumenau quando resolveram “pegar leve” em 2013 (Apoio do PT ao Napo lembra?).

O governo federal e o de Gaspar são dos Vermelhos, quer dizer então que há vermelhos oprimindo vermelhos ou será que eles ainda acham que estão na ditadura militar sendo oprimidos e perseguidos covardemente pelos monstros verdes da ditadura?

A ditadura militar acabou meus caros, hoje a situação SÃO VOCÊS!

Portanto cuidado ao cuspir pra cima, pois pode acontecer de cair na cara. Fica a dúvida, vão fazer o que pelos servidores este ano? O mesmo que fizeram em 2013? Ou será que por conta das eleições federais vão fazer os seus “protestos”?



A você leitor, que acredita que não havendo mudanças radicais nossos políticos vão parar de “Ficar atrás da mesa com a CUT na mão” só posso dizer, “Sabe de Nada, Inocente!”.


Segue de quebra o vídeo de Forest apoiando a Candidatura de Napoleão Bernardes.

5 comentários:

  1. Parabéns pela coragem em colocar sua opinião, compactuo com 99% dela e só discordo em algumas projeções. Por exemplo: - Jovino Cardoso é incompetente total em termos técnicos. Se candidatar a Prefeito seria um grande suicídio o que o PARTIDO não iria querer. Acho que Jovino Cardoso é o pior de todos. Faz jogo sujo, é pau mandado do partido, está em campanha desde que assumiu o cargo de vice-prefeito, vai as Igrejas para ganhar voto prometendo migálias ao povo que acha que o cara é santo. O mesmo serve igualzinho para o Jefferson Forest. O PT querendo levantar nomes na cidade para voltar a ganhar a prefeitura, mas não têm nenhum fortemente cotado. Acho que o Décio e Ana Paula estão mandando ele fazer esse "joguinho" para que um dos 2 volte a se candidatar. Mas, sem chance. PT está muito sujo nacionalmente, estadualmente e municipalmente...rsrsrsr;...Vamos ver os fatos. Jean Kullmann volta a se candidatar prefeito bem mais fortalecido e experiente. Com bagagem e uma ficha limpa, pode ser o único a tirar a reeleição do Napoleão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, André, que bom que discordamos não é? Esse é o princípio básico de qualquer democracia. Como citou Evelyn Beatrice Hall (1868-c. 1939), Biógrafa de Voltaire, "Eu discordo do que você diz, mas vou defender até a morte seu direito de o continuar dizendo".

      Jovino pode ser mais forte do que imaginamos apesar de que, também o acho uma figura política inexpressiva, mas este é o problema.

      Quanto ao PT, bem, não é à toa que muitos integrantes deixaram o partido e criaram outros. Pelo simples fato de perceberem que o PT não é mais o mesmo. Não gosto das táticas que usam e escondem o jogo como qualquer partido, vão de acordo com a maré. Mas precisamos saber o que é ruim pra não voltar a votar neles certo? Afinal foram 12 anos de mais do mesmo...

      Quanto ao Jean Kullmann, nesse momento ele está ausente e é extremamente inexpressivo, mas muita coisa pode mudar até 2016 e quem sabe sua previsão venha a se concretizar.

      Obrigado pelo elogio, não fui corajoso, só não tive medo, porque tenho muito a dizer além daquilo que está publicado. As pessoas devem começar a perder o medo de dizer o que pensam por receio de retaliações, sei que é difícil, mas não impossível. O Brasil só muda se nós mudarmos. Abraços André e força na peruca que a ventania tá forte...

      Excluir
  2. Interessante sua análise, mas para constatar nunca difamei ninguém, nunca apresentei uma denúncia sem prova, não tenho nada pessoal contra nenhum político da cidade, foi me outorgado a prerrogativa de fiscalizar, e é o que tenho feito com determinação. A questão da margem esquerda, foi constatada irregularidades e o judiciário também entendeu assim. Apresentei requerimento para que o governo Napoleão justificasse os critérios utilizados no pregão que determinou o aumento em mais de 1 milhão, e os vereadores da base do governo rejeitaram, protocolei no judiciário intermediária que determina essa explicação.
    Quanto ao Napoleão, eu apoiei, comemorei a sua eleição e se me perguntar se faria novamente, respondo que sim, mesmo com as atrapalhadas e incompetência eu votaria nele, pois a administração pública não poderia continuar como estava.
    Em fim não concordo com sua análise, mas respeito. Só não respeitarei se estiver a serviço de alguma força política ou econômica.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo comentário e pela resposta, eu e o Todo dia Blumenau temos uma grande respeito por pessoas e principalmente por políticos que têm humildade suficiente assim como senso crítico ao receber críticas como as que fiz e demonstrar sua posição ao assunto desta maneira se abrindo para um debate.

      Repito o que disse em outro comentário, que bom que discordamos não é? Esse é o princípio básico de qualquer democracia. Como citou Evelyn Beatrice Hall (1868-c. 1939), Biógrafa de Voltaire, "Eu discordo do que você diz, mas vou defender até a morte seu direito de o continuar dizendo".

      Abraços cordiais

      Excluir