300x250 AD TOP

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Encontrado em: , , , ,

Política - Crateras Lunares em Blumenau.

Por Fabiano Uesler

Foto: Blum3n4u M1L GR4U
Estive nos últimos dias pensando qual assunto abordar para a coluna que não seja sobre política. Num final de tarde conversando com minha esposa sobre as “crateras” nas ruas de Blumenau, sobre os “buraquinhos” feitos pela Foz, sobre a pavimentação de “excelente qualidade” pensei, poxa, Blumenau poderia muito bem virar atração turística. Imaginei inclusive a chamada do empreendimento:

-Venha Conhecer o Novo parque Temático Lunar de Blumenau.

Oras carambolas, se temos toda a infraestrutura pronta e uma “empresa” como a Foz do Brasil planejando a rede de esgoto(segure o riso) e cavoucando nossas ruas, se temos uma malha viária antiga com um asfalto que se existe ou está velho e esburacado, ou está remendado e com desnível (lembra do tapa buracos?), ou é simplesmente muito ruim. Falo ruim no sentido de ser um asfalto vagabundo e superfaturado (tapete negro?). Convenhamos, a rua das Palmeiras e os Corredores de ônibus com certeza não são exemplos de asfalto de qualidade. 


Agora fica a pergunta, será que alguém na gestão anterior teve, digamos certo “ganho” nessas obras? Ou será que os responsáveis pelas obras eram tão incompetentes que não se “atentaram” ao problema da qualidade da pavimentação? Ou talvez ambos? A dúvida permanece no ar, ou melhor, no chão, e não somente a dúvida, pois também temos a certeza de algo não bate nessa história. Como diria meu finado pai “-Ô servicinho porco”.


Foto: Blum3n4u M1L GR4U
Por falar em dúvida eu e muitos blumenauenses já nos perguntamos, quem paga a conta dos estragos nos veículos? Pois é, amortecedores quebrados, aros tortos, pneus furados são resultado das condições pífias da nossa malha viária. Convenhamos, as tampas de bueiros NO MEIO de uma rua asfaltada que têm um nível mais baixo do que a rua nada mais é do que um buraco. Também há as tampas de bueiro em ruas de paralelepípedo que são rodeadas por uma caixa de concreto e ficam com suas pontas num nível mais alto que a rua “perfeitamente” nivelada. Assim fica complicado andar na cidade não? Pergunto novamente e dando nome aos bois, a prefeitura ou a foz pagará os prejuízos aos donos dos veículos? Acho que já sabemos a resposta não?

Então gente, voltando ao princípio, mesmo porque me desvirtuei do que iria falar, estávamos eu e a Sil conversando sobre o que escrever sem envolver política, sentados em nossa varanda observando a chuva quando pego meu celular e vou conferir o twitter. Acontece que a primeira “twitada” que leio é justamente do nosso Prefeito em Crise Existencialista, sim, o Napo. De cara o sorrisão que não tem como você escapar e uma notícia muito interessante:


Foto: Blum3n4u M1L GR4U
“Amigos da Itoupava Central, amanhã vamos inaugurar o novo Ambulatório Geral Guilherme Jensen, que foi reformado e ampliado”.

Conseguiu observar onde está o Wally? Descobriu a pegadinha? Junte as palavras inaugurar, novo e reformado e o que temos? A inauguração de uma reforma. Inauguração de uma reforma senhor prefeito? Você incauto leitor pode se perguntar o que há demais nisso não é? Ele está inaugurando uma “melhoria”. Acontece que faz tempo que o poder público de Blumenau não inaugura novas e relevantes obras. Nada de novo no reino da Blumenália. Você novamente se põe a pensar, mas que cara cretino, será que ele não percebe a importância de termos unidades de saúde funcionando e bem equipadas? Posso simplesmente responder que a prefeitura não faz “nada além da sua obrigação”. O mínimo que o poder público “DEVE” fazer é a manutenção e ampliação das unidades que necessitam dessas melhorias, mas agora celebrar isso parece demagogia demais não acha? Eu aplaudiria de pé se antes disso ele completasse o quadro de pessoal da saúde com profissionais capacitados e bem remunerados porque o que vemos hoje é uma equipe diminuta para atender uma população cada vez mais carente de um bom tratamento de saúde.

Eu aplaudiria de pé e ovacionaria se além de ter seu quadro pessoal melhorado as unidades de saúde tivessem medicamentos suficientes em seus estoques para suprir a população, porém, medicamentos de qualidade, repito, de qua-li-da-de. Convenhamos, a medicina tem avançado muito no uso de alguns medicamentos e estes remédios passam longe das unidades de saúde pública, imagine então os de alto custo. Teríamos então, pessoal habilitado e suficiente para atender a população e medicamentos de qualidade. Ótimo, agora sim podemos festejar reformas, mas sem demagogia.

Imagem: Reprodução

O problema de tudo isso é esta mania torpe que os políticos brasileiros têm de fazer campanha com tudo que fazem, daqui um pouco vão festejar inauguração de boca de Lobo. O Viegas em sua coluna frisou bem a questão das tantas leis populistas que saíram da nossa câmara de vereadores. Senhores políticos, senhores vereadores, senhor prefeito, parem de achar que inaugurar estepe de pneu é bonito. Parem de achar que pneu recauchutado é pneu de qualidade. O poder público necessita agir de maneira eficiente, com ética e parar de fazer propaganda com aquilo que nada mais é do que sua obrigação. Quando vocês cuidarem daquilo que nos falta e então partir para algo novo, para novas unidades de saúde (bem estruturadas), novos hospitais e novas escolas, daí sim, teremos algo a inaugurar e festejar. Porém até que isso aconteça é de uma deselegância imensa comemorar reformas. E a ponte? Depois de vinte anos e da proposta do novo projeto nada tivemos de concreto, de duas pontes propostas não tivemos nenhuma. Seria cômico se não fosse trágico.


Publicado originalmente no Portal Blumenews em: Segunda, 28 Outubro 2013 00:21  +Blumenews de Blumenau

0 comentários:

Postar um comentário