300x250 AD TOP

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Encontrado em: ,

Sociedade - O que falta no mundo

Por Denis Rudolf
(Clique nas imagens para ampliar e clique em continuar lendo para ler a matéria na íntegra)

Imagem: Reprodução
No mundo há pessoas egoístas que se preocupam apenas consigo mesmas, aliás, isso é o que tem de sobra no mundo. Os que não tem poder são oprimidos e os que o possuem são déspotas. Nesse mundo em que vivemos o amor é banalizado e é tido como paixão ou simples interesse. Tem de sobra no mundo pessoas sem paciência, violentas, preconceituosas. As pessoas se preocupam mais com o aquecimento global do que com a culpa que elas mesmas têm desse desastre.

As pessoas culpam a Deus pela enchente, mas esquecem da sacola de lixo que jogaram no rio ontem. Todas as pessoas procuram um culpado por seus problemas e seus erros. Já notou que quando alguém morre normalmente dizem: “Deus quis assim”? Quando algo de ruim acontece dizem: “Deus está te castigando”. Até quando poremos a culpa em Deus por nossos erros?

Não cabe nesse texto dizer se Ele existe ou não, mas o que cabe dizer é que sempre leva uma culpa que não cabe a Ele. Nesse mundo as pessoas matam por dinheiro, matam por ciúme, matam por tristeza, matam por cobiça, matam por poder.

Imagem: Reprodução
Nesse mundo os líderes que antes eram boas pessoas viram gananciosos, sedentos por poder e dinheiro. Quanto mais se tem mais se quer. Afinal o que difere os homens dos animais? Porque há animais melhores que muitos homens? O que nos difere deles é o livre-arbítrio, ou seja, o poder de decidir o que fazer com nossa medíocre vida. Essa é a única decisão que temos de tomar e é a que destruiu essa Terra.

Sem o ser humano a Terra duraria para sempre. Ela se regeneraria e se sustentaria. Porém cá estamos nós. “E se o parasita é quem suga energia de outro organismo, o homem sugando o planeta é o maior de todos eles”. Sugamos os recursos naturais desenfreadamente em busca de dinheiro. Aliás, se o dinheiro não existisse esse mundo seria muito bom de viver.

Eu deveria ter escrito sobre o que falta no mundo. Mas o que falta no mundo é uma coisa tão simples que daria poucas linhas. Aliás, uma linha só. Na verdade uma palavra com 4 letras. O que falta no mundo é Amor.

Imagem: Reprodução
Se existisse amor nesse mundo a Faixa de Gaza seria o paraíso de férias de judeus e palestinos. Se existisse amor nesse mundo o Brasil não seria o país com o maior imposto do mundo e as piores escolas e hospitais do mundo. Se existisse amor as armas nucleares não existiriam, pois não haveria necessidade de se proteger. Sim o amor traria junto consigo a paz, a alegria, a bondade. No mundo falta algo tão simples, mas tão grandioso.

“Se eu falasse a língua de anjos, mas não tivesse amor...nada sou”. Ter amor. É pedir muito?

0 comentários:

Postar um comentário