300x250 AD TOP

sábado, 25 de janeiro de 2014

Encontrado em: , , , ,

História - Sociedade Civil e sua Evolução

Por Walner Bernardes - Reizinho
(Clique nas imagens para ampliar e clique em continuar lendo para ler a matéria na íntegra)


Imagem: Reprodução
O Termo Sociedade Civil, nasce no Brasil em final dos anos 70, sendo sinônimo de Participação e Organização da população civil na luta por direitos contra o regime ditatorial militar da época, por isso o nome Sociedade Civil.

O engajamento em qualquer Organização da época tinha um significado de desobediência e resistência ao regime político vigente.

Muitas destas organizações existentes eram articuladas por partidos políticos excluídos insurgentes na clandestinidade, pois a época somente o Partido do Governo, ARENA e o então M.D.B. este considerado de esquerda consentida, tinham o direito de atuar no cenário político e na vida política do Pais.

A luta da Sociedade Civil então se dava pela busca de Direitos, Justiça Social e Liberdade, sendo apoiados por alas da Igreja Católica e outras religiões.


Imagem: Reprodução
Com o inicio da década de 80, dar-se-ia inicio do processo de abertura política, com progressiva participação e representação política sendo obtida através das pressões populares, culminando com a saída dos militares do governo no ano de 1985.

Ao descortinar-se um novo período na conjuntura política nacional, o termo Sociedade Civil inicia suas modificações que acompanham esta conjuntura. Dos discursos de 70 onde a democracia direta e participativa era tida como modelo ideal de governo, nos remetendo a Ágora da antiga Grécia, busca-se a partir de então e mais fortemente na década de 90 a ampliação do campo da Sociedade Civil.

A autonomia que se buscava nos anos 70 e 80 continha em seu âmago o sentido de cidadania, e tem nos anos 90 sua resignificação. Com a nova Constituição batizada de “Constituição Cidadã”, coloca então esta Sociedade Civil a executar o exercício da civilidade e responsabilidade social do cidadão, introduzindo na vida da sociedade Direitos - como conceito básico de cidadania, como também Deveres, buscando a responsabilização de cada cidadão brasileiro.
Imagem: Reprodução
A responsabilização amplia e abrem caminhos a participação da população organizada nas discussões de políticas publica, através de parcerias entre governo e sociedade, as conquistas são muitas, LOAS- IDOSOS-ECA- Estatuto das Cidades, entre outros, sem contar os diferentes conselhos existentes (sendo alguns paritários e deliberativos), Saúde, Habitação, Agricultura, entre outros Fóruns- Câmaras Temáticas- comissões, etc, etc.

Mas as lutas por reformas e novas conquistas não podem cessar, devemos sempre buscar aquilo que nos é de direito, uma vida digna, com qualidade e igualdade de direitos, somente assim faremos do Brasil um pais melhor para se viver.

0 comentários:

Postar um comentário