300x250 AD TOP

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Encontrado em: , ,

Política - Prefeito, Vereadores, Sintraseb e o PPA vamos dar a meia volta, volta e meia vamos dar.

Por Fabiano Uesler

Imagem: Reprodução
Prefeito, Vereadores, Sintraseb e o PPA vamos dar a meia volta,  volta e meia vamos dar. Parece brincadeira de criança não é? Vamos todos cirandar. Afirmação muito verdadeira, pois quem dançou foram os servidores.

Esta semana foi votado o tão falado PPA (Plano Plurianual) que definia a reposição das perdas salariais de 7,32% nos próximos 4 anos aos servidores públicos municipais. Nenhuma surpresa no resultado da votação da PPA 2013-2014, os servidores continuam com perdas monstruosas e cada vez mais com nenhuma valorização nesse atual governo que não difere em nada de tantos outros.


Agora, se fizermos uma breve retrospectiva voltando a 2011 veremos um aumento de 35% nos próprios salários dos vereadores. Temos nessa história vários rostos conhecidos, dentre eles a do atual Prefeito Napoleão Bernardes, do Vice-Prefeito Jovino Cardoso Neto e mais alguns nomes familiares. Vamos relembrar o fato:

“Em sessão extraordinária realizada na noite desta terça-feira, 20, os 15 vereadores de Blumenau (SC), aprovaram, por unanimidade, o reajuste salarial da categoria. A votação, realizada em sigilo na Câmara de Vereadores da cidade, prevê um aumento salarial de 35% a partir de 2013.
A medida eleva os salários dos atuais R$ 5,4 mil para R$ 7,3 mil, e beneficia também os secretários municipais. De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara, a sessão teve início às 19h e terminou por volta das 20h e, embora o caráter fosse extraordinário, a votação ocorreu de portas abertas. O último aumento da categoria aprovado em assembleia foi realizado em 1996.”
 (quinta-feira, 22 de dezembro de 2011)
(Trecho extraído do Blog do Jaime)

Imagem: Reprodução
 
Amnésia é pouco para o cidadão Blumenauense. Nos deixamos enganar provando que nada na política mudou. pois basta um rosto não tão novo, tapas nas costas e sorrisos forçados pra que o “eleitor” esqueça certos detalhes. É revoltante ver a atitude do Prefeito que não sai de sua “crise existencialista”, pois hora é contra, hora a favor de "reajustes salariais". Antes da campanha apóia os servidores e depois desvaloriza, antes da campanha vota um aumento em causa própria e depois da campanha age como se melhorar os salários dos servidores fosse algo impossível, como se fosse levar a prefeitura à "bancarrota" .

Imagem: Blog do jaime
Convenhamos, ele realmente não fazia ideia do que iria enfrentar depois de eleito? E os outros vereadores da foto? Alguns em outras “funções” como secretários, outros na câmara e outros no executivo. É triste e lamentável sem dizer que nos dá náuseas pensar no quanto são demagogos e hipócritas em seus discursos.

Repito, não me surpreendeu o resultado porque ele estava em uma obviedade descarada desde o começo. Primeiro aprovam o dito PPA e depois acatam a decisão do prefeito, logicamente não vão cuspir no prato que comem. Aos poucos vereadores que se mantiveram firmes o nosso muito obrigado, ao restante deles, só lamento. O não de vocês ao aumento é um não aos pais e mães de família que ao contrário do que o grande público pensa não ganham rios de dinheiro. Tivemos um aumento no vale fome alimentação de R$ 1,00. Me digam, neste último ano, o que teve esse aumento? A inflação foi tão pequena assim? Foi tirada dos servidores a capacidade de suprir suas famílias e a si mesmos com um mínimo de dignidade. A Prefeitura de Blumenau tem os PIORES salários da região, os piores. Os servidores não são valorizados, são tratados como peões nesse jogo de xadrez ridículo. A estratégia é simples, dê uma graninha (FG) a meia dúzia (na verdade muitas dúzias) de servidores pra que a voz da maioria não seja ouvida. Assim continua e se perpetua essa política desumana que só desvaloriza o servidor de carreira.

Imagem: Reprodução
O SINTRASEB que representa os servidores públicos deu uma mancada risível e se não for proposital muito pareceu quando não quis paralisar na época da database deste ano. Lembro que na época os servidores revoltados tinham energia suficiente pra entrar em greve e manter seu posicionamento. Acontece que o SINTRASEB “sugeriu” não ser o momento certo de paralisar e que o momento seria justamente na votação do PPA. Pois é, acontece também que na época da database em maio as “Funções Gratificadas” estavam num limbo quanto ao seu pagamento e contávamos com o apoio de vários FGs revoltados e prontos pra uma boa paralisação. Acatando então a “sugestão” do sindicato os servidores continuaram em sua empreitada sem parar suas atividades, mais FGs foram distribuídos a “Cargos de Chefia” e apadrinhados,  os ânimos foram se acalmando. Agora na tão esperada votação do PPA o que acontece? Absolutamente nada. O Sintraseb esbraveja, paralisa e faz o que deve fazer, mas sem nenhum resultado que valha a pena aos servidores. Lógico que em “absolutamente nada” tem a ver essa demonstração de força com as eleições do sindicato que foi com chapa única. De nada adiantou usarem nariz de palhaço e evidenciarem o óbvio. Mesmo assim pergunto, "Why so serious?" (Por que tão sérios?).

Imagem: Julio Castellain
"Why so serious?"
Lembrando agora que em 2014 teremos novamente o "Circo de horrores" eleitorais armado em todo país. Fica portanto a pergunta, quantos dos atuais secretários vão deixar seus cargos e se candidatar? Quais são as secretarias que estão sendo usadas como trampolins eleitorais? Dúvidas não ficam, fica sim a certeza de que o modelo de política que temos está ultrapassado, esgotado e em um nível de corrupção muito além do que se imagina.

No final quem sofre os arrochos salariais são as figuras de sempre, os servidores que estão na labuta e que são grande maioria, os que têm um salário abaixo da média inclusive da iniciativa privada. Como sempre, os pobres sustentam o país. Sinceramente me causa uma grande tristeza ver esse jogo enfadonho sendo mais uma vez jogado nesse tabuleiro que chamamos de política.

PS: Não posso deixar de citar a música que deveria ser a trilha sonora perfeita do "Napo", Sintraseb, Vereadores e trupe aos servidores públicos municipais porque bobeamos muito no final das contas.

Bobeou a gente pimba, Bobeou a gente pimba. Todo dia acontece anoitece ou amanhece Bobeou a gente pimba









0 comentários:

Postar um comentário