300x250 AD TOP

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Encontrado em: , , ,

Música - Top 10 Mitos do Rock

A história do Rock é recheada de mitos e lendas, muitas vezes é impossível distinguir o que é real e o que é inventado, mas é muito fácil de imaginar como elas se propagam, ou você não tem nenhum amigo no facebook que compartilha qualquer coisa sem checar a veracidade? Com a internet, os mitos se propagam muito rápido, mas também são desmentidos muito rápido, mas numa época pré-facebook, antes mesmo das primeiras lendas urbanas serem repassadas por e-mail, era o bom e velho boca a boca que disseminava as mais curiosas histórias sobre o mundo do Rock. E muitas delas duram até hoje!



10 – Mick Jagger e David Bowie

O mito: Angela Bowie, esposa de David, teria dito em um programa de TV que surpreendeu o marido juntamente com Mick Jagger na cama. Conspirólogos dizem, inclusive, que a música “Angie” dos Rolling Stones, seria dedicada à Angela como um pedido de desculpas de Jagger.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): Posteriormente, Angela Bowie, disse que os viu apenas dormindo na mesma cama e jamais teve a intenção de insinuar um caso entre eles, Jagger e Bowie sempre trataram o assunto com irreverência, mas afirmam categoricamente que “isso não passa de uma grande besteira” (seja lá o que isso signifique!).



09 – A Língua Bovina de Gene Simmons

O mito: Dizem as más línguas que o vocalista e baixista do Kiss, Gene Simmons, fez um implante com uma língua de vaca para ampliar o alcance do seu músculo genioglosso.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): Gene Simmons disse que apenas nasceu abençoado, médicos dizem que a ciência ainda não atingiu tamanha evolução, bem, olhe as fotos abaixo e tire você mesmo suas conclusões.



08 – Ator Infantil vira o Anticristo

O mito: Marilyn Manson seria o ator que interpretava o personagem Paul Pfeiffer na série de TV “Anos Incríveis”.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): Muitos mitos cercam a persona de Marilyn Manson, incluindo a história de que ele teria removido duas costelas para facilitar sexo oral em si mesmo. O próprio Marilyn Manson gosta de alimentar tais boatos e não os confirma, nem desmente. No entanto, a série anos incríveis foi exibida até o ano de 1993 e o primeiro álbum de Marilyn Manson data de 1994, então, a não ser que Josh Saviano (sim, este foi o ator que de fato interpretou Paul) tenha visitado o Zoltan e pedido para ser grande, seria um pouco difícil os dois serem a mesma pessoa.



07 – Ele Vendeu a Alma pelo Rock n’ Roll

O mito: Robert Johnson, tido como um dos maiores músicos de blues que já viveu, teria  vendido sua alma ao diabo na encruzilhada das rodovias 61 e 49 em Clarksdale, Mississippi, em troca do dom de tocar.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): Não há como refutar essa teoria, vários aspectos de sua vida e as circunstâncias de sua morte contribuem para reforçar o mito, mas assim como Beethoven ou Jimi Hendrix, ele poderia apenas ser um cara talentoso e dedicado.



06 – Sangue Novo

O mito: O guitarrista dos Rolling Stones, Keith Richards, teria trocado completamente de sangue para limpar o corpo do uso de drogas
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): Keith Richards sempre inventa uma história diferente sobre isso, numa delas, disse ter recebido sangue de cavalo (deve ser por isso que ele ainda está vivo!). Richards já afirmou ter injetado as cinzas de seu pai em uma solução com heroína.



05 – Frank Zappa Come Cocô

O mito: Acho que o título é auto explicativo.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): A história foi tão difundida que Frank Zappa teve que negá-la muitas vezes, inclusive, ele inicia sua autobiografia da seguinte maneira "Eu nunca comi cocô no palco, e o mais próximo que cheguei de comer cocô em algum lugar foi no Buffet do Holiday Inn em Fayetteville, Carolina do Norte em 1978”.



04 – Kurt & Courtney

O mito: Kurt Cobain não se suicidou, foi assassinado a mando de sua esposa Courtney Love. Há um documentário inteiro sobre isso chamado Kurt & Courtney, onde são entrevistados supostos assassinos que teriam recebido propostas de Courtney para assassinar Kurt, também são apresentadas teorias como a de que a letra de Kurt muda no fim de sua carta de suicídio (justamente quando ele fala de Courtney) e de que ele havia ingerido tanta heroína que não teria forças para puxar o gatilho.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): A polícia fechou o caso como suicídio, apesar de alguns pontos nesta teoria fazerem sentido há muitas peças faltando, não há indícios de outras impressões digitais na arma e não há um suspeito de ter cometido o assassinato. Além disso, quem é fã de Nirvana, apesar de odiar a Courtney, sabe que Kurt Cobain era uma pessoa autodestrutiva e ele vinha dando sinais de que se suicidaria há muito tempo.



03 – O Lado Obscuro de Oz

O mito: Ao terceiro rugido do leão da MGM no início do filme “O Mágico de Oz” de 1939, se você tocar o álbum do Pink Floyd, “The Dark Side of the Moon” de 1973, perceberá que o álbum funciona como uma trilha sonora para o filme, com várias conexões, inclusive, o álbum deve ser tocado repetidamente, pois as conexões continuariam mesmo após o fim do álbum.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): O.K., isto não é um mito, é fato, qualquer um pode testá-lo, eu mesmo já o fiz de forma analógica há algum tempo, hoje está mais fácil, basta assistir o vídeo abaixo, que já vem com as obras sincronizadas. Em minha opinião, alguns dos momentos mais marcantes são:

07m50s: A cena de Dorothy cantando "Over The Rainbow" é cortada justamente no momento em que se inicia a música "Time", que coincide com a chegada da bruxa.

14m50s: The Great Gig In The Sky" (O Grande Espetáculo No Céu) inicia justamente quando começa o tornado no filme.

19m30s: Dorothy abre a porta e o filme fica colorido, neste momento se inicia “Money”. Referência ao alto custo de um dos primeiros filmes coloridos da história ou até mesmo aos tijolos amarelos (ouro).



02 – Elvis não Morreu

O mito: Inconsistências no atestado de óbito do rei fez com que alguns acreditassem que ele não morreu, mas forjou sua morte para que pudesse viver em paz.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): Apesar de muitos alegarem terem visto Elvis Presley vivo nos mais diversos locais e muitos anos após a sua morte, pessoas também alegam terem visto Jim Morrison, Deus e discos voadores, e os tabloides dão espaço para todos eles.



01 – Paul está Morto

O mito: Paul McCartney teria morrido em um acidente automobilístico e teria sido substituído por um sósia (ou um clone) desde então. John Lennon saberia da verdadeira história, mas proibido de dizer a verdade pelos empresários, ele teria escondido mensagens na obra dos Beatles para dizer ao mundo que seu amigo estava morto.
A verdade (ou o que eles querem que você acredite): Ou Paul está vivo, ou seu sósia era mais talentoso que o original, pois a obra que ele criou a partir de 1966 é muito superior ao que veio antes. De qualquer forma, as supostas evidências são muito boas, eis as minhas preferidas:

Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
- A capa é, na realidade, o desenho de uma sepultura (a de Paul) com todas aquelas pessoas olhando (note os arranjos de flores típicos de um funeral).

Abbey Road
- Na capa com os Beatles atravessando a rua, Paul está com o passo trocado em relação aos outros, é o único fumando e está descalço (os mortos são enterrados descalços), além de estar com os olhos fechados.
- Lennon, de branco, representaria Deus ou Jesus Cristo; Ringo, o agente funerário; Paul, o cadáver e George, o coveiro.
- O cigarro que Paul segura está na mão direita. o Paul verdadeiro era canhoto, estaria com o cigarro na outra mão.
- Um fusca branco estacionado na rua tem a placa 28IF, um lembrete de que Paul teria 28 anos SE (IF) estivesse vivo. O Fusca na Inglaterra é chamado de "Beetle".




E você, lembra demais algum mito do Rock? Então compartilhe estes mitos no facebook sem checar a veracidade e continue ligado no TdB para histórias, lendas e mentiras!

0 comentários:

Postar um comentário