300x250 AD TOP

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Encontrado em: , ,

Televisão - Série: Estreia da 3ª temporada de "Sherlock" (Vale muito a pena ver!)

Por Rafael Alexander Marghotti
(Clique nas imagens para ampliar e clique em continuar lendo para ler a matéria na íntegra)

Holmes e Watson em frente ao famoso endereço
na Baker Street
Imagem: Reprodução.
A terceira temporada da série britânica Sherlock, produzida e exibida pela BBC, estreia no primeiro dia do ano de 2014!

Criado pelo médico e escritor Sir Arthur Conan Doyle, Sherlock Holmes é um investigador do final do século XIX e início do século XX, no entanto, é um dos personagens com maior número de adaptações para o cinema e TV em toda a história, apenas para ter uma ideia, enquanto o 24º filme de James Bond será produzido em breve, Sherlock já estrelou mais de 200 filmes, produzidos por diferentes estúdios e países e vivido por uma infindável lista de atores.

No currículo de um personagem com tantas adaptações, é óbvio que existem muitas coisas ruins e quando ouvi falar de que havia uma série de TV que adaptava as aventuras de Sherlock Holmes e do Dr. John Watson para o século XXI fiquei muito receoso. Havia gostado bastante da recente versão cinematográfica do diretor Guy Ritchie com Robert Downey Jr. e Jude Law nos papéis principais e já havia assistido alguns dos filmes clássicos, principalmente da época de Basil Rathbone, mas não conseguia conceber uma versão moderna do detetive sem que desbancasse para a galhofa. Felizmente, eu estava muito errado.


Imagem: Reprodução.
Benedict Cumberbatch (Sherlock) e Martin Freeman (Watson) são de longe a melhor dupla que já interpretou os heróis criados por Conan Doyle, a atmosfera londrina do século XXI se encaixou perfeitamente no contexto e o enredo desenvolvido ao longo da série é espetacular. A impostação vocal de Benedict confere ao seu Sherlock um ar professoral, na perfeita interpretação de uma pessoa bizarra e brilhante, cujo comportamento frio e extremamente racional é contrabalanceado pelo empático Watson, que além de ser um contraponto emocional, também complementa a inteligência de Sherlock. E a série não se sustenta apenas na dupla Holmes/Watson, os coadjuvantes e vilões são excelentes, com destaque especial para o Jim Moriarty de Andrew Scott, mais insano e sarcástico do que nunca.

Andrew Scott como Moriarty
Imagem: Reprodução.
A série é brilhante, os fãs das obras originais conseguem reconhecer todos os elementos clássicos e qualquer pessoa que nunca tenha lido ou assistido nada sobre Sherlock consegue imergir de cabeça nesse universo. A série é inovadora até em seu formato, são apenas 3 episódios por temporada, porém cada episódio possui 90 minutos, ou seja, uma trilogia de longas-metragens por temporada.

Sherlock Holmes ficou famoso por utilizar, na resolução dos seus mistérios, o método científico e a lógica dedutiva, e garanto que nenhuma outra adaptação consegue mostrar isso de forma tão magistral, portanto, acredite quando falo que esta série vale muito a pena ser vista. Interessou-se? Ainda dá tempo de fazer uma maratona para assistir as duas primeiras temporadas até o fim do ano!

Trailer da 3ª Temporada

1 comentários: